Algumas coisas sobre a Fruta!!!

Pêra - Dos frutos mais antigos e conhecidos é de fácil digestão, pouco calórico ( ideal para a eliminação de gorduras inúteis ), é também o mais diurético dos frutos - contém cerca de 80% de água. Muito rica em sais minerais ( magnésio, cálcio, ácido fosfórico, óxido de ferro e muito potássio). Em relação às vitaminas é de referir a B1, B2 e C. Bastante rica em pectina que actua a nível intestinal diminuindo a absorção de substancias tóxicas. Como é muito rica em potássio e pobre em cloreto de sódio é considerado um alimento importante para a diminuição dos edemas (inchaços). Devido também à falta de proteínas e de gordura, esta fruta é ideal para ser utilizada em dietas de perda de peso. Devem-se ingerir preferencialmente cruas a não ser em situações de perturbações gastrointestinais.

Permite um variado número de receitas. Pode servir-se crua, cozida , em vinho, pudins, gelados e tartes.



Amora - Fruto silvestre, o seu sumo ingerido quente acalma os resfriados, fazendo baixar a febre. Muito refrescante tem propriedades expectorantes. Tem efeitos muito benéficos na acidez gástrica.



Maçã - Conhecida desde a antiguidade, actualmente as variedades deste fruto contam-se às dezenas. Além de ser um óptimo alimento, utilizam-se no fabrico de sumos e geleias. Tem uma elevada % de água (83), glúcidos, sais minerais ( sódio, potássio, magnésio, fósforo, enxofre e cloro), muito rica em pectina e poucas proteínas. Este fruto evita a absorção a nível intestinal de substâncias tóxicas e, graças á sua riqueza em tanino é considerado um bom anti-inflamatório. Parece ter um papel importante na regulação do trânsito intestinal , diminuindo as diarreias. A presença de pectina contribui para a formação de geleias e conservas e torna este fruto num bom anti-coagulante. Pode ser um poderoso aliado em dietas de emagrecimento. Sendo rica em ferro e fósforo este alimento está indicado para melhoramento do rendimento intelectual. É consumida crua, cozida, em puré ( qualquer variedade de maçã faz purés saborosos e ricos ideais para acompanhamento de assados), em sumo e este muito refrescante constitui um produto natural tónico e sedativo

Não é à toa o ditado que diz: Comer uma maçã por dia, evita-se o médico.



Cereja - Ricas em proteínas, glicose, cálcio, ferro e vitaminas A, B e C. Quando consumida fresca tem propriedades refrescantes, diuréticas e laxativas ( indicadas no combate à obstipação. Pode também ser consumida em sumo ( fortalece o estômago e alivia afecções hepáticas e renais).



Uvas - Fruto muito rico em água ( cerca de 73 % ), glicose, pouca vitaminas do complexo B, vit. C e sais minerais ( ferro, cálcio e potássio). Tem propriedades laxativas ( devem ser comidas com a casca e sementes) e diuréticas, estima as funções do fígado e tem acção a nível do músculo cardíaco, contra o esgotamento orgânico, na anemia e em situações de convalescença. Não é aconselhada em dietas de emagrecimento nem para consumo de pessoas diabéticos. Pode ser consumida também em sumo.



Figo - É muito curta a época do figo fresco; este fruto não deve ser consumido muito verde porque provoca aftas, nem muito maduro pois pode provocar distúrbios intestinais. Convém serem consumidos no dia da compra. O figo fresco é rico em Vit. A, B, C., glicose, proteínas, elevada valor em fibras o que os torna particularmente indicados para combater a prisão de ventre. São também indicados para regular o fluxo da bílis e facilitador das secreções.



Framboesas - Rica em glicose, pectina e grande riqueza vitamínica o que faz deste fruto um aliado contra resfriados, infecções e gengivites. Em sumo, doce e geleia permite equilibrar a carência vitamínica durante o Inverno. Estimula também as funções do fígado, faz bem ao reumatismo e limpa as vias respiratórias.



OUTRAS FRUTAS



Abacate - Fruto delicado e saboroso deve ser adquirido quando pesado e com polpa firme; se fizer uma ligeira pressão com os dedos e a casca ceder, pode-se considerar em condições de adquirir. Devem ser conservados em local fresco e arejado e é de evitar a sua conservação no frigorífico para não impedir a sua maturação. Após retirar-se a casca deve ser consumido de seguida pois oxida com facilidade em contacto com o ar. Podem ser consumidos ao natural, cortando o fruto ao meio e retirando o caroço, polvilhando com açúcar sumo de limão e , se gostar vinho de Porto. Pode também ser reduzido a puré ao qual se adiciona sumo de limão, açúcar, vinho do Porto e natas. Possui grande valor nutritivo, é rico em proteínas, gordura ( muito calórico o que o torna pouco aconselhado para regimes de emagrecimento),vitamina A, complexo B e sais minerais ( cálcio, ferro e o fósforo). É aconselhado a pessoas que sofram de obstipação, problemas digestivos, flatulência, problemas de pele, reumatismo entre outras indicações. As cascas são benéficas para combater problemas de hemorragias e desinterias.



Ameixa - Se consumida crua, em conserva ou compota é sempre um excelente alimento, não deixa também por mãos alheias os seus créditos na área terapêutica. Rica em água, glúcidos, baixo valor proteico e vitamínico ( vit., B1, B2 e C) e com sais minerais (valor sensivelmente idêntico ao que se encontra na pêra. Pode, ser utilizada em todos os regimes alimentares, principalmente nos regimes ditos pobres em calorias. É um alimento particularmente indicado para combater obstipação



Ananás/ Abacaxi - Fruto exótico de beleza invulgar e aroma delicioso deve ser adquirido em bom estado de maturação o que se verifica verificando as folhas da coroa que se destacam com facilidade quando o fruto está no ponto. Se se adquirir verde guarda-se à temperatura ambiente, enrolado num jornal e longe da luz directa do sol. Tendo em conta o seu aspecto, sabor e valor nutritivo é utilizado para confeccionar inúmeras entradas e sobremesas deliciosas. A casca depois de bem lavada e deixada em repouso em água durante algum tempo pode ser usada para fazer sumo. Servido fresco com fatias de presunto dá uma óptima entrada de uma refeição.

Muito rico em vitamina C, celulose, (polissacarídeo indispensável para o bom funcionamento intestinal) e água (80%);Tem um baixo valor calórico (pouca % de glúcidos, proteínas e sem gorduras) O ananás fresco possui uma substância enzimática especial que tem a particularidade de actuar sobre as proteínas facilitando a sua digestão, o que o torna particularmente indicado para pacientes com problemas a nível de digestão gástrica ( o mesmo não se verifica com o enlatado, pois o calor desnatura esta enzima, tornando-a inactiva). Pode-se afirmar que este fruto é simultaneamente um óptimo alimento e um excelente medicamento natural.



Carambola - Fruto exótico também conhecido como fruta estrela dada a sua semelhança a uma estrela depois de cortado. Se comprar verde pode ser conservado no frigorífico É indicado para decorar saladas de frutos. È muito rico em vitamina A e C. e fósforo. O sumo tem propriedades antipiréticas.



Banana - Alimento de óptima qualidade rica em glúcidos, vitamina C, pouco valor proteico e com baixo valor lipídico. Fácil de descascar e sem sementes pode ser ingerida ao natural, em creme em batidos sem perder o seu valor nutritivo. De fácil digestão é um excelente alimento para crianças , idosos e convalescentes. Tal como a maçã é ideal para combater a diarreia.



Cidra - Parecida com o limão é rico em proteínas, Vitaminas A, C, B1, B2 2 sais minerais. A sua casca fresca aplicada na testa combate dores de cabeça,, combate a obstipação, indigestão, flatulência. Bochechando a boca com cidra é um grande combate das aftas.



Citrinos - Alimentos muito ricos em vitamina C permitem a manutenção do bem estar físico e consequentemente mental. Devem ser adquiridos os que apresentam maior peso o que indicia presença de mais sumo. Podem ser conservados ao ar, dispensando portanto o frigorífico. Destacam-se as seguintes variedades:

Tangera - fruto híbrido que resulta do cruzamento da toranja e da tangerina é muito sumarenta e ácida.

Toranja - Amarela clara, grande, sumarenta mas um pouco amarga.

Limão - De forma oval e cor amarela é um fruto muito rico em vitamina C e acidez acentuada. Laranja - De casca fina ou grossa, as de casca fina são mais sumarentas.

Lima - Menor do que o limão e de cor verde, é mais ácida do que este e pode substitui-lo sem alterar o paladar dos pratos.

Tangerina - Menor que a laranja, sumarenta e doce, está recheada de caroços.

Laranja de Sevilha - Muito amarga ideal para a confecção de compotas.

Laranja da baía - Difere das suas congéneres por ser muito doce e não apresentar caroços. Clementina - Híbrido que resulta do cruzamento da laranja com a tangerina tem sabor ligeiramente ácido.



Todos os citrinos, tendo em conta a sua riqueza em ácido ascórbico, vitamina C são utilizados para aumentar a resistência do organismo às infecções, combater as hemorragias, aumentar a poder de cicatrização, diminuição do cansaço, A necessidade diária de vitamina C numa pessoa sã ronda os 120 mg e, se tiver em conta a fragilidade desta vitamina ( oxida ao ar, destroi-se pelo calor, dissolve-se na água), há que ter particular cuidado em manipular alimentos que a contenham de molde a minimizar as suas perdas e suprir as nossas necessidades diárias. Além do ácido ascórbico estes frutos apresentam um elevador teor em ácido cítrico que aumenta a absorção intestinal do cálcio e, aliado à vitamina D é um importante factor de combate ao raquitismo.



Coco - Quando se adquire este alimento fresco o que se deve retirar em primeiro lugar é a sua água que pode ser utilizada em refresco e, se bater com um martelo de molde a parti-lo retira-se a polpa branca, tudo protegido por uma casca dura. Pode ser utilizado ralado, assado, cozido. A gordura de coco e o óleo têm diversas aplicações gastronómicas. O seu valor nutritivo varia com o estado de maturação. Quanto mais maduro mais rico é em gordura. Rico em sais minerais ( potássio, fósforo, magnésio), proteínas . Os seus efeitos terapêuticos advêm do seu conteúdo em magnésio importante para o bom funcionamento dos músculos), têm propriedades anti-cancerígenas.



Damasco - Fruto com baixo teor em proteínas, lípidos e glúcidos apresenta em contrapartida sais minerais ( ferro, cobre) e muito rico em vitamina A , B1, B2, C. É um alimento importante para a prevenção de problemas visuais, alterações da pele e das mucosas e facilita a cicatrizações da pele.



Diospiro - Fruto adocicado e perfumado é muito parecido com um tomate. Deve ser consumido muito maduro, ao natural. Rico em açúcar, muita vitamina A e B e sais minerais ( ferro, fósforo e cálcio).



Kiwi - Consumido ao natural, em saladas ou em pratos salgados é um alimento extremamente decorativo e nutritivo. Deve ser consumido quando se apresenta ligeiramente mole ao toque e deve guardar-se no frio. É dos frutos mais ricos em vitamina C daí, todas as aplicações terapêuticas dos frutos citrinos se aplicarem ao Kiwi.



Litchia - Fruto pequeno com uma polpa branco leitosa cujo perfume lembra o da rosa. Descasca-se comendo-se ao natural, em salada de fruta ou em sorvetes. É particularmente rica em vitaminas.

Fonte: www.fontedeluz.com

Comentários