Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2013

Volto em Setembro!

Imagem

O meu top baseado nas sugestões da Revista Máxima!

Imagem

Odisseias Voucher- Tostas, Gelados e sumos no Astúrias Café!

Imagem
As tostas e os sumos e os gelados são bons, os gelados podiam ser um pouco maiores. Gostei do local e adorei os puffs!!!
Recomendo!

Poema de Eduardo Coimbra!

Imagem

Florbela Espanca Poema!

Ás mães de Portugal Ó mães doloridas, celestiais,
Misericordiosas,
Ó mães d´olhos benditos, liriais,
Ó mães piedosas
Calai as vossas mágoas, vossas dores!
Longe na crua guerra
Vossos filhos defendem, vencedores,
A nossa linda terra!
E se eles defendem a bandeira
Da terra que adorais,
Onde viram um dia a luz primeira
Ó mães, por que chorais?!
Uma lágrima triste, agora é
Cobardia, fraqueza!
Nos campos de batalha cai de pé
A alma portuguesa!
Pela terra de estrela e tomilhos,
De sol, e de luar,
Deixai ir combater os vossos filhos
Ao longe, heróis do mar!
Dum português bendito, sem igual
Eu sigo o mesmo trilho:
Por cada pedra deste Portugal
Eu arriscava um filho!
Por isso ó mãe doloridas, pelo leito
De morte, onde ajo…

Poema de Almeida Garrett!

BelezaVem do amor a Beleza,
Como a luz vem da chama.
É lei da natureza:
Queres ser bela? - ama.

Formas de encantar,
Na tela o pincel
As pode pintar;
No bronze o buril
As sabe gravar;
E estátua gentil
Fazer o cinzel
Da pedra mais dura...
Mas Beleza é isso? - Não; só formosura.

Sorrindo entre dores
Ao filho que adora
Inda antes de o ver
- Qual sorri a aurora
Chorando nas flores
Que estão por nascer –
A mãe é a mais bela das obras de Deus.
Se ela ama! - O mais puro do fogo dos céus
Lhe ateia essa chama de luz cristalina:

É a luz divina
Que nunca mudou,
É luz... é a Beleza
Em toda a pureza
Que Deus a criou.

Almeida Garrett, in 'Folhas Caídas'

Mais um poema!

Mãe Dolorosa

Vi-o doente, ouvi os seus gemidos;
Sinto a memoria negra, ao recordá-lo!
A Mãe baixava os olhos doloridos
Sobre o Filho. E era a Dôr a contemplá-lo!

Depois, nesses instantes esquecidos,
Ou lhe falava ou punha-se a beijá-lo...
Mas, retomando, subito, os sentidos,
Estremecia toda em grande abalo!

Fugia de ao pé dele suffocada,
A sua escura trança desgrenhada,
Os seus olhos abertos de terror!

E então, num desespêro, a Mãe chorava,
E, por entre gemidos, só gritava:
Amôr! amôr! amôr! amôr! amôr!

Teixeira de Pascoaes, in 'Elegias'

Poema do livro Miminhos para a mãe!

Imagem

Poema de Fernando Pessoa!

"O MENINO DE SUA MÃE

No plaino abandonado
Que a morna brisa aquece,
De balas trespassado-
Duas, de lado a lado-,
Jaz morto, e arrefece.

Raia-lhe a farda o sangue.
De braços estendidos,
Alvo, louro, exangue,
Fita com olhar langue
E cego os céus perdidos.

Tão jovem! Que jovem era!
(agora que idade tem?)
Filho unico, a mãe lhe dera
Um nome e o mantivera:
«O menino de sua mãe.»

Caiu-lhe da algibeira
A cigarreira breve.
Dera-lhe a mãe. Está inteira
E boa a cigarreira.
Ele é que já não serve.

De outra algibeira, alada
Ponta a roçar o solo,
A brancura embainhada
De um lenço… deu-lho a criada
Velha que o trouxe ao colo.

Lá longe, em casa, há a prece:
“Que volte cedo, e bem!”
(Malhas que o Império tece!)
Jaz morto e apodrece
O menino da sua mãe" Fernando Pessoa

Frase do livro Miminhos para a mãe!

"A paciência de uma mãe é como um tubo de uma pasta de dentes: bem espremido, tem sempre mais um bocadinho. " Jerry Lewis

Mamã segundo Fernando Pessoa ( excerto do livro Miminhos para a mãe)

Fernando Pessoa À minha querida mamã         À minha querida mamã
Ó terras de Portugal
Ó terras onde eu nasci
Por muito que goste delas
Inda gosto mais de ti.

Férias na minha juventude em Odeceixe!

Imagem

Férias na praia na minha infância em Vila Nova de Milfontes!

Imagem

Férias na praia na minha infância em Foz do Arelho!

Imagem

Férias na Infância na praia de São Martinho do Porto!

Imagem

Obrigada!!!

13.016 visitas

Ideias da Luisinha- não me façam perder tempo!

Como sabem estou desempregada há mais de 1 ano. Em Julho bati o recorde de ter 3 entrevistas num mês. Ou seja, neste momento estou com 10 entrevistas. Ou seja, nem uma por mês foi a média.
Hoje ao abrir a minha caixa do e-mail deparo-me com um e-mail de resposta a uma candidatura a dizer-me para ir á empresa para saber as condições. Claro que liguei para lá primeiro e assim escusei de gastar dinheiro em vão em viagens. Isto porque a empresa em questão não descreve as funções para o cargo que neste caso era empregada de marketing e publicidade. Quando liguei para lá, consegui perceber que queriam alguém criativo e com experiência em Design, para projectar a empresa e os seus produtos. Características que eu não possuo, infelizmente.
Agora pergunto eu? será que custava muito dizerem logo o que querem? para quê fazerem as pessoas perderem tempo e dinheiro desnecessariamente?
Bom resto de semana!!!

A minha escolha- carros amigos do ambiente!

Imagem